terça-feira, 15 de julho de 2008

AMOR CONJUGAL

Se eu te amo e tu me amas
Nada nos impede de sermos felizes

Se eu te quero e tu me queres
Nada nos impede de nos entregarmos
Cada vez mais

Se o que eu quero tu queres
Nada nos impede de continuarmos
Juntos no mesmo ideal pelo amor

Se existe compreensão entre nós
O fingimento não nos angustiará

Se existe o afeto em nosso convívio
Nada destruirá nossa união

Se o nosso amor renovarmos no cotidiano
Nada envelhecerá em nosso relacionamento

Se existe confiança entre nós
Jamais o ciúmes nos levará a um desconforto

Se o amor nos enlaça
Somente a morte nos separará

Se reciprocamente existir o perdão entre nós
Nada de mágoa haverá em nossa CONJUGAÇÃO.

Josias Faustino

Nenhum comentário: